ADOLESCER

Adolescer

Engana-se quem acha que recebemos aviso prévio. Nananina não. Num dia é uma criança, no outro, tu deixa de fazer sentido para ele e os fones de ouvido parecem que foram colados na criatura. Ando com a desconfiança de que é pra não me escutar mesmo.

Natural como o amanhecer e seus primeiros raios do sol, veio uma nova fase para todos nós. Sim, porque a adolescência muda a família e não só o cidadão emburrado contigo e melhor pessoa para o resto do mundo.

Tenho sentido os silêncios mais longos. Após anos de trocas contínuas, agora preciso ser milimétrico para ser escutado. Pontual como um tweet para garantir a atenção do meu público-alvo.

Aprendi uma técnica há algum tempo: ao invés de “assim não dá, todos os dias a mesma coisa, não aprende nunca, meu Deus do céu, tira essa toalha molhada da cama!”, apenas “toalha!”. E eles entendem, é incrível. E não nos desgastamos.

Mas para todo o resto, queria saber mais, ouvir mais. Mas ao que tudo indica, terei que me acostumar a ouvir apenas “tudo.”.

Também me dizem os livros que está tudo certo. Que é o caminho natural mas destoa completamente no meu coração, e tem sido um grande aprendizado para mim.

Acostumado a me aprofundar em todos os assuntos, estou me reeducando para não extrapolar os limites territoriais agora tão bem estabelecidos.

Volta e meia me permito repetir uma frase: “juro, é para o teu bem”. Não sei se ele acredita, mas quem sabe, de tanto repetir, um dia eu o vença no cansaço.

Minha paciência já foi maior. Tenho me penitenciado muito por isso. Descubro agora que essa é a fase em que mais precisamos dela. Mesmo assim, não deixo de estar próximo do meu adolescente porque, ao menos, ele precisa saber que estou aqui caso a vida aperte.

Justiça seja feita. Ainda recebo muitos abraços porque a adolescência também pressupõe essa variação de humor. Deles e nossa.

Ainda me cobro muito. É tudo novo e não me sinto pronto. Ser pai é assim, aprendizado constante. Cobrança permanente.

Tenho tentado deitar com a consciência tranquila de que fiz meu melhor naquele dia. Nem sempre tenho conseguido.
O desafio é grande, mas a vontade de acertar é maior.

Me perdoa, filho. Papai está tentando. De coração.

 

 

Deixe uma resposta