a mudança

A mudança

O sol da manhã, morno ainda, brilha justamente sobre a pequena mesa e suas quatro cadeiras de madeira trabalhadas artesanalmente. Vai esquentando devagarzinho as almofadas presas por laços laranjas tão fortes quanto os que nos amarram aos nossos filhos.

Já tivemos mesa retangular para oito lugares. Essa é redondinha para quatro pessoas. Para nós quatro.

Quase apertada demais, as bebidas precisam ficar num banquinho ao lado.

Mas cabemos todos.

É temporária, depois da reforma voltaremos para uma mesa maior.

Então, tenho seis meses para aproveitar e me apertar na mesinha redonda em que só cabem uma panela, quatro pratos e a nossa família.

Eu de frente para o Gianluca, a Lu de frente para o Stefano e todos ao alcance de um abraço.

Uma mudança de casa é, na verdade, uma grande desculpa esfarrapada para revermos nossos laços.

Todos nos readaptamos à uma nova dinâmica, nossos papeis são reavaliados e aproveitamos para botar alguns pingos nos is dos afetos.

Com a mudança de CEP, ganhei horas de vida por dia e em apenas 48 horas na nova casa, já tive uma conversa de 15 minutos com o Gianluca que nos devolveu um ano de intimidade.

Com muito abraço e conversa, o Stefano venceu o medo do elevador que o fazia subir e descer de escada os 10 andares da vida nova.

Eu mesmo tenho respirado profundamente enquanto mando, aos pouquinhos, minha ansiedade pra bem longe a cada pôr-do-sol que minha nova janela emoldura.

Mudar de casa é lavar a alma, é se permitir um recomeço. É se olhar em um velho espelho do apartamento modernista e reencontrar um novo Beto.

É deixar o sol da manhã aquecer teu coração enquanto o café recém passado te diz que aqui já é nosso lar.

É ser o primeiro a despertar e, no silêncio da sala vazia, sentir que aqui nossos filhos acabarão de crescer. Provavelmente daqui o Gianluca sairá de casa. Daqui iremos à formatura dos nossos filhos. Quem sabe aos casamentos e à maternidade.

E sorrir docemente enquanto escorre uma lágrima em meu rosto porque sei que tudo começou nessa pequena mesa de madeira para quatro pessoas.

Deixe uma resposta