10665626_836747473024279_2052882980_n

Pai de aquário

[Texto publicado originalmente no site Sou Papai Babão]

O pai aquariano sabe de uma coisa que todos os outros também sabem: aquário é o melhor signo do zodíaco. E tem orgulho disso.

Estabelecida essa premissa, fica mais fácil entender o pai de aquário.

Algumas pessoas o acham convencido, mas ele jura que não. Diz que apenas tem noção de suas qualidades e de todos os seus defeitos.

Pera lá, como assim? Aquarianos têm defeitos?

Tem sim. Calma, já explico.

O aquariano pensa longe, muito longe. Tem ideias revolucionárias e isso pode ser um problema. Afinal de contas, enquanto está com a cabeça no futuro, em seus projetos excepcionais e mirabolantes, questionando o mundo, quem está fazendo as compras no supermercado e se preocupando com a agenda da escolinha?

Mas tem suas qualidades. O pai aquariano é um ser curioso. E isso é ótimo. Ele se interessa por tudo o que o filho faz, por todos os aprendizados dele e, ainda, ajuda nas pesquisas da escola e nas discussões com os coleguinhas porque afinal de contas, o pai aquariano não perde a oportunidade de expor suas opiniões, mesmo através do filho.

Ele adora fazer perguntas (mais um traço da curiosidade). Não espere dele a clássica “estava legal na escola?”. Ao invés disso, quer saber: o que vocês aprenderam hoje? com quem você está sentado? o que fizeram no pátio? a professora te deu retorno sobre teu texto? o que foi mais divertido hoje na escola? e o que foi mais chato? Ufa! É assim que o pai de aquário se faz presente e participativo.

Exato, o pai aquariano é participativo. Não é do tipo que “ajuda” a mãe. É do tipo que faz. Fez o filho, faz a educação e os cuidados. Pai aquariano é dedicado.

Ele é justo e respeita as diferenças. É democrático e valoriza a liberdade de expressão de todos. Até um tempo atrás, esta era mais uma das maluquices de aquariano, mas em plena “Era de Aquário”, parece que o mundo também está tentando por em prática esta típica ideia de pessoas regidas por este signo.

Afeto é palavra de ordem para o pai de aquário. Não há vida sem afeto, sem contato, sem trocas. Em determinado momento pode ficar chato porque ele segue exigindo trocas de afeto e o filho adolescente dirá que é o cara mais mala do planeta. Mas ele sabe que um dia isso volta ao normal.

Dizem que ele é um rebelde natural que odeia os velhos costumes e, como está sempre olhando para frente, está sempre a espera da revolução dos valores sociais. Pode até ser, mas aí ele se torna pai e essas grandes verdades absolutas podem balançar, justamente porque verdades absolutas não são para ele. Senso comum não é para um aquariano. Após o nascimento dos filhos, o pai de aquário só pensa em mais e mais justiça social, inclusão e solidariedade para todos.

Ele aprende muito rápido as novidades de cada fase dos filhos. Alguns o chamam de “esponja”, aquele tipo de pessoa que absorve tudo o que está ao seu redor. De novo, bom e ruim, porque também absorve algumas “bad vibes” (se não sabe o que é te atualiza no Google) com a mesma força que absorve cada novo sentimento bom emanado dos seus filhos e aprende com certa antecedência todas as novas tendências no planeta.

O pai de aquário ama seus filhos acima de qualquer coisa porque um amor só não lhe basta. Precisa deste amor maior, o amor que só a paternidade lhe traz.

Este pai aquariano se dá muito bem com librianos (fica a dica). Tanto, que se casou com uma e acabou sendo brindado com um filho libriano. E quando menos esperava, a vida me deu outro presente: um filho aquariano que veio para contar novas histórias sobre novos aquarianos porque, afinal, o aquariano está sempre olhando para frente, mesmo que com as raízes plantadas no presente.

 

Um comentário em “Pai de aquário

Deixe uma resposta